Espiritismo na antiguidade

28/03/2011 00:16

ESPIRITISMO NA ANTIGUIDADE

Allan Kardec dialogou [*] com o Espírito Mehmet-Ali (encarnado no Egito em 1769 e desencarnado em 1849), o qual foi feito pachá do Egito em 1805, tendo sido considerado o responsável pela modernidade introduzida naquele país, por haver organizado o Estado à maneira europeia. Dentre as cinqüenta e duas perguntas e respostas, selecionamos as que seguem:

Pergunta: Os sacerdotes do antigo Egito tinham conhecimento da Doutrina Espírita?

Resposta: - Era a deles.

Pergunta: Recebiam manifestações?

Resposta: - Sim.

Pergunta: As manifestações que obtinham os sacerdotes egípcios tinham a mesma fonte das que Moisés obtinha?

Resposta: - Sim, ele foi iniciado por aqueles.

Pergunta: Pensais que a doutrina dos sacerdotes egípcios tinha qualquer relação com a dos indianos?

Resposta: - Sim; todas as religiões mães estão ligadas entre si por laços quase invisíveis; decorrem de uma mesma fonte.

Pergunta: Destas duas religiões, isto é, a dos egípcios e a dos indianos, qual a matriz?

Resposta: - Elas são irmãs.

Pergunta: Como é que vós, que em vida éreis tão pouco esclarecido sobre estes assuntos, podeis agora responder com tanta profundeza?

Resposta – Outras existências me ensinaram.

_____________________________
[*] Revista Espírita - Abril/1858, Edicel, Sobradinho/DF, 1ª ed., 1985, p. 121.